quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Correção de exercícios - A Linguagem do Texto - página 19

Pessoal,

Conforme combinamos , aí está a correção para que retifiquem as respostas, se necessário, no caderno.
Bjs., bom carnaval e até quinta-feira!

Correção  -  A linguagem do texto – página 19

1)
   a) O pronome VOCÊ  refere-se ao pai do protagonista.   Veja : “ Mas não chore , papai”  .
   b)    Os verbos destacados na frase referem-se ao protagonista e ao seu irmão mais novo, Mariozinho. Passagens:  “ Mariozinho e eu sesteávamos também...”   e “ Eu me prometia viajar de verdade e  (...) levar meu irmãozinho ...”

2)    
a)COMO MARCAS DO GÊNERO CARTA temos : uso frequente do pronome você , que mostra   que há uma conversa entre o narrador e seu pai ao longo  do texto.
b) O texto é um conto pois É FICCIONAL e tem as seguintes características  :
- NARRATIVA DE UM ÚNICO CONFLITO ;
- POUCAS PERSONAGENS;
- ESPAÇO E TEMPO RESTRITOS.

3)     Dizer que os automóveis  pareciam sestear dá a entender que O CALOR ERA TÃO INTENSO     E QUE ATÉ OS SERES  NÃO VIVOS  TINHAM    DE DESCANSAR À SOMBRA  ;  ao USAR A EXPRESSÃO NENHUM VIVENTE , o narrador   reforça a sensação de calor . Ao dizer que havia FOGO  DAS CALÇADAS   ( e não simplesmente o calor  ou  o abafamento das calçadas).
4) 
   a) O narrador se preocupa com o fato de o  irmão ter , como tantos outros  habitantes da cidade, uma 
vida triste  e sem graça ,  preso num lugar sem atrativos e perspectivas (cidade morta).
b)  Porque na sua visão esse  animal levava  uma vida   triste    e , puxando a carroça pelas ruas pacatas da cidade.

5)
a) Para reforçar a ideia de distância do rio    em relação à sua casa.
b)  “ Para alcançá-lo  era preciso atravessar a cidade , o subúrbio e um descampado  de perigosa solidão.”

6)“ Rubro e com as mãos crispadas.”

7) O Paraíso  seria o rio e a  aventura  , a liberdade o prazer  de nadar , as fantasias de viagens do menino.  O Inferno seria o que aconteceria  depois da ida ao rio : a bronca , a raivado pai, as consequências da desobediência.



terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Roteiro de leitura da obra “ O cão dos Baskervilles” – Conan Doyle


 Orientações: 

ü  A atividade vale 20 pontos e é parte da avaliação do dia 25/02/14  sobre a obra , que vale 80 pontos. A entrega  só será permitida na data citada.

ü  Capricho,  legibilidade e ortografia são  requisitos obrigatórios.  

ü  Trabalhos idênticos  ou plagiados  serão desconsiderados,  recebendo zero, sem direito à segunda chance.

ü  Os trabalhos podem ser feitos em folha de bloco (perguntas e respostas) ou   em folha digitada (perguntas digitadas e respostas manuscritas em linhas).

ü  Caso o aluno se ausente no dia 25/02, mediante justificativa,  fará nova  prova, com valor integral de 100 pontos.
 

Questões:

 1)      Descreva :

a)      Holmes,  ressaltando suas características psicológicas e principalmente  as  qualidades que o tornam  um detetive  eficiente.

b)      Watson, enfatizando a amizade com Holmes e a sua importância na solução  do caso.

 

2)       A seguir, constam  os nomes de  quatro  possíveis suspeitos  de terem matado Charles Baskerville   e  planejado  também a morte de seu sobrinho Henry. Explique os motivos pelos quais cada um deles seria suspeito.

a)      Barrymore

b)      Stapleton

c)       Frankland

d)      Selden

 

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Exercícios de revisão - período simples


 
01.              Observe estas frases.
 
Viagens à praia provocam alegria...
Por que vamos à praia?
 
      Classifique   as funções sintáticas (sujeito, objeto, adjunto adnominal, etc.) dos termos destacados em cada frase, observando se o termo está ligado a um nome ou a um verbo, e justifique sua resposta.
     
02.              O aposto pode ser empregado para:
 
A)               Explicar, resumir e identificar.
B)                Enumerar ou recapitular, nesse caso, pode vir precedido pelas expressões  a saber, por exemplo, isto é,  ou ser representado por um pronome indefinido, como nada, ninguém, qualquer, etc;
C)                Marcar uma especificação, uma individualização; nesse caso, pode vir ou não preposicionado;
D)               Marcar uma distribuição, por meio de  um e outro, este e aquele, etc;
 
Indique com qual desses casos (marcando a letra correspondente) os apostos destacados a seguir se identifiquem.
(     )  Só jantava comidas leves: uma salada, uma sopa de legumes, um caldo de carne.
(    )   Os rapazes eram dois bons profissionais, um em informática e o outro em engenharia
(     )  “Nós tínhamos imaginado, mamãe e eu, fazer uma grande peregrinação”.
(     )  O poema ‘Vou-me embora pra Pasárgada’ é do grande poeta Manuel Bandeira.
 
03.              Escreva se os termos destacados são complemento nominal ou adjunto adnominal.
 
a)                  Ele é perito em cirurgia.
b)                 Ele tem amor de mãe.
c)                  Ele tem amor à mãe.
d)                 A resposta do patrão não os convenceu.
 
04.              Leia estes versos do poema:
 
Por amor de S. Francisco,
Vosso mestre, nosso pai,
Santa Clara, todo risco
Dissipai.
 
Nesses versos, há uma referência ao passado de Santa Clara. Ela viveu entre 1193 e 1253 e, em contato com São Francisco, de quem recebeu os ensinamentos, decidiu-se tornar religiosa. Foi fundadora da ordem das clarissas e canonizada e 1255.
Em relação ao verso “Vosso mestre, nosso pai”:
 
a)                  A quem as expressões vosso mestre e nosso pai  se referem?
b)                 Que sentido essas expressões têm no contexto?
c)                  Qual é a função sintática desses termos: aposto ou vocativo? Por quê?
 
05.              Preencha os parênteses da segunda coluna de acordo com o resultado da análise dos
termos destacados na primeira.
a)      Permanecemos todos calados.
b)      Diz-me, meu filho, que fizeste hoje.
c)      Este vaso é o teu presente.
d)     Dera-lhe tudo: casa, roupa, comida.
e)      Aquele desastre foi feito por ele.
f)       Temos necessidades de ajuda.
g)      Ele chorou de covarde.
h)      Elegeram-no governador.
i)        Os pagãos lhe deram um tesouro.
 


(     )  complemento nominal
(     )  aposto
(     )  objeto direto
(     )  objeto indireto
(     )  predicativo do sujeito
(     )  predicativo do objeto
(     )  adjunto adnominal
(     )  vocativo
(     )  agente da passiva
(     )  adjunto adverbial.


  

06. Reescreva as frases a seguir, transformando o verbo destacado em substantivo. Depois identifique o complemento nominal.

 

a)                  A instituição de caridade necessita  de agasalhos para doação.

b)                  Ela requereu afastamento por motivo de doença.

c)                  Na reunião, o diretor referiu-se ao relatório anual da empresa.

d)                 O advogado expôs  seus argumentos ao juiz.

 

07.              Coloque nos parênteses;

CN – complemento nominal

AA – adjunto adnominal

 
a)                  A construção  da estrada foi aprovada pelo governador. (    )

b)                 Ele perdeu a carteira de identidade. (    )

c)                  A parede era perpendicular ao muro. (    )

d)                 A intervenção do deputado foi inconveniente. (    )

 
08.              Explique a diferença de sentido entre:

a)                  A confiança nos amigos ajudou-o a superar o problema.

b)                 A confiança dos amigos ajudou-o a superar o problema.

 

09.               Compare as duas frases e a diferença de sentido entre as duas pontuações. Dê a função sintática dos termos de acordo com a sua interpretação de cada frase.

 

(I)“Luciana e Cláudia, minhas amigas viajaram ontem."

(II) Luciana e Cláudia, minhas amigas, viajaram ontem.

 

a) ____________________________________________________________________

b)____________________________________________________________________

 

10.O predicado é nominal em:

I - Você acha Cristina bonita, mamãe?
II - O mundo podia ser tranquilo.
III - “Zé Mané” não estava embriagado.
IV - O guarda noturno permanece atento a todos os perigos.
V - Os transeuntes ficaram assustados.

a) I - II - III;
b) II - III;
c) II - IV;
d) III - IV - V - II;
e) I - II - IV.